lei geral de proteção de dados

Conheça a política de dados da Driva

Prezamos pela transparência com quem usa as soluções da Driva. Enteda sobre a nossa Lei Geral de Proteção de Dados e como lidamos com os dados internos e externos dos nossos clientes.

LGPD e os dados gerados pela DRIVA

A LGPD tem ligação com a proteção e tratamento de dados pessoais. Dados de empresas são protegidos pela lei de Propriedade Intelectual. Porém, é importante o mapeamento de todas as fontes de dados para evitar qualquer tipo de problema.

As fontes de dados utilizados pela Driva são públicos e o foco do negócio é B2B. Todos os dados que se aplicam a LGPD são usados apenas para fins de análise de crédito. Neste documento iremos abordar parte da nossa base de dados e suas origens.

Dados pessoais

Informações relacionadas a pessoas físicas que podem ser identificadas direta ou indiretamente, por meio de um conjunto de informações. Não são considerados dados pessoais aqueles relativos a uma pessoa jurídica, como CNPJ, razão social, endereço comercial, entre outros.

  • Consentimento do titular.
  • Cumprimento de obrigação legal ou regulatória.
  • Execução de políticas públicas pela administração pública.
  • Realização de estudos por órgão de pesquisa.
  • Execução de contrato ou procedimentos preliminares com o titular e a pedido do titular.
  • Exercício de direito em processo judicial, administrativo ou arbitral.
  • Proteção da vida e incolumidade física.
  • Tutela da saúde em procedimento feito por profissionais ou serviços de saúde, ou autoridade sanitária.
  • Interesse legítimo.
  • Proteção do crédito.

Dados pessoais sensíveis

Dentro da categoria de dados pessoais, os dados pessoais sensíveis são exclusivamente as informações relacionadas à origem racial ou étnica, convicção religiosa, opinião política, filiação a sindicato ou a organização de caráter religioso, filosófico ou político, dado referente à saúde ou à vida sexual, dado genético ou biométrico quando vinculadas a uma pessoa física.

De acordo com o artigo 7º e 11 da LGPD, os dados pessoais e dados pessoais sensíveis somente podem ser tratados se tiverem ao menos uma das bases legais elencadas a seguir.

  • Consentimento do titular.
  • Cumprimento de obrigação legal ou regulatória.
  • Execução de políticas públicas pela administração pública.
  • Realização de estudos por órgão de pesquisa.
  • Exercício de direito em processo judicial, administrativo ou arbitral.
  • Proteção da vida e incolumidade física.
  • Tutela da saúde em procedimento feito por profissionais ou serviços de saúde, ou autoridade sanitária.
  • Prevenção à fraude e à segurança do titular.

Exceções

É possível tratar dados sem consentimento do indivíduo, para:

  • Cumprir uma obrigação legal;
  • Executar política pública prevista em lei;
  • Realizar estudos via órgão de pesquisa;
  • Executar contratos;
  • Prevenir fraudes contra o titular;
  • Proteger o crédito;
  • Defender direitos em processo;
  • Preservar a vida e a integridade física de uma pessoa;
  • Tutelar ações feitas por profissionais das áreas da saúde ou sanitária;
  • Atender a um interesse legítimo, que não fira direitos fundamentais do cidadão.

Nossas bases de dados

receita federal

Dados cadastrais de todas as empresas do Brasil

Sintegra

Base de inscrição estadual

Sites do Brasil

Dados e tecnologias dos sites Brasileiros. Os dados não são sensíveis e os utilizamos com vínculos aos CNPJs para fins de qualificação

Redes sociais

Links das redes sociais atreladas aos sites

Caracteristicas dos dados

Mesmo nossos dados sendo B2B, entendemos que quanto ao uso, nos encaixamos segundo as seguintes características:

  • Da Driva em proporcionar análises e modelagens estatísticas para seus clientes e gerar a otimização dos processos comerciais;
  • Utilizamos eventualmente dados do próprio cliente os quais são tratados sempre como confidenciais, com formalização via NDA e seguindo nossa política de segurança da informação;
  • Quanto ao uso dos dados, entende-se que há legítimo interesse dos próprios titulares em receber a prestação de serviços que os beneficiam e poder exercer o direito de escolha de modo mais benéfico, vez que, dessa forma, terão acesso a opções muito mais adequadas ao seu perfil e que, de outro modo, não teriam;
  • Dos clientes da Driva, em ter acesso a essas análises para a prestação de serviços e venda de produtos que atendam as preferências dos titulares. Evita-se, dessa forma, o desperdício de recursos e o contato desnecessário com pessoas que não estão interessadas em seus produtos e serviços, gerando, assim, a otimização de contatos comerciais.

Converse com um especialista

Esclarecemos suas dúvidas, entendemos seu negócio e propomos estratégias de vendas para sua empresa